10 novembro 2016

MODA: MENSAGEM NA CAMISETA


Uma mensagem impactante fez uma simples camiseta branca ser um dos assuntos mais comentados das semanas de moda do mundo. Dior, né, mores? "We should all be feminists" (Todos deveriam ser feministas). Pra brincar com essa tendência, pedi ao meu amigo, jornalista e escritor Jaime Neto para listar sete frases que ele estamparia numa T-shirt.  Pra inspirar este dia que não foi fácil. Olha só:
Vamos elaborar as nossas? Conta aqui qual seria a sua. Bjos, MP

08 novembro 2016

QUEM PEDIU A SUA OPINIÃO?


"O corpo fala", esse é o título do livro famoso de Pierre Weil e Roland Tompakow que discorre sobre a linguagem silenciosa da comunicação não verbal. Não que eu tenha lido uma linha desse livro, mas, gente, eu sei interpretar sinais e expressões que deixam muito claro o que uma pessoa não quis falar. Ou ainda perceber quando o que sai da boca de alguém não está em sintonia com o que ela está pensando. E, convenhamos, se alguém escreveu e catalogou expressões e gestos que nos fazem entender o que uma pessoa quer dizer nas entrelinhas, ou em total silêncio, não deve ser tão difícil pescar aqueles sinais mais básicos.

Com isso eu só quero dizer a você que se sente no obrigação de emitir uma opinião sobre o meu cabelo natural que: Você não precisa fazer isso. Um elogio sincero é sempre bem vindo, mas você não precisa dizer que está bonito se não acha de verdade.

Não sei se acontece com você que passou pela transição como eu, mas sempre que encontro alguém que estava acostumado a me ver com cabelos alisados - ex-colegas de trabalho, ex-colegas de colégio/faculdade, parentes mais distantes, conhecidos, aquele amigo do amigo do meu primo que eu nem lembro quem é: todos disparam algum comentário sobre o meu cabelo.


Claro que muita gente faz elogios sinceros. A gente sabe quando é amor! Mas o que mais escuto são palavras bonitas que não condizem com a expressão estampada na cara.

- E esse cabelo, está diferente, né?
- Que bonito seu cabelo novo.
- Nossa, você mudou mesmo.

E é testa franzida, tom de voz alterado, olhar desviando pro lado, cabeça que balança negativamente. Gente, melhore! Quem ouve, sabe que o elogio não é sincero. Então eu apenas me pergunto: Pra quê? Se eu não pedi, você não precisa dar a sua opinião. Já imaginou se tivéssemos que sair dando nossa opinião sobre tudo tudo tudo o que nos cerca? Que inferno?

Se não tem nada de bom para falar, meu amigo, fique calado.

Sempre tem também aquele tão sem noção ao ponto de dizer algo negativo:

-Ah! É que eu não sei ser falsa. Gostava mais do cabelo alisado.

Mas ainda prefiro esses aos falsos-novos-amantes-do-cabelo-crespo. Porque aos que não conseguem segurar a sua opinião negativa, eu posso simplesmente rebater:

- Mas... meu amor, quem pediu sua opinião?

E fica aquela eterna dúvida pairando no ar.

Ahahahahahahha!

Alguém por aí também passa por isso?

07 novembro 2016

MEU LOOK: P&B E AQUELE DETALHE ÉTNICO

Lembra de mim reclamando da vida porque não conseguia usar esse macaquinho aqui no Sul. Inverno que custou a ir embora, hein?! Primeira vez que usei essa peça foi com jaqueta, meia-calça e botas de cano alto. Mas ó, parece que o jogo virou, não é mesmo? Um detalhe mínimo desse look que eu amei amei amei foi usar uma pulseira étnica pra quebrar a composição toda em preto e branco. Deu aquele up na produção e consegui deixar um look P&B com muita personalidade. Vou exercitar mais!!! Macaquinho Farm e Flatform Schutz (na Strelitza) | Bolsa C&A | Pulseira Indian |Brinco Intuição 

Quero saber o que você achou desse look!

Bjinhos MP