09 janeiro 2014

Que tal experimentar?

Já reparou como nós mulheres criamos mitos e preconceitos sobre nós mesmas sem o menor cabimento? Eu achava que não ficava bem com batom laranja – pra mim, não combinava com o tom de pele. Não pintava a unha de vermelho aberto, só nos tons mais pra vinho, porque sentia que gritava muito na minha pele mais escura. Maquiagem só podia destacar ou o olho ou a boca, do contrário, era over. Também acreditava que meu cabelo não ficava legal com babyliss – “não vai segurar”. Vestido todo justo? Nunca na galáxia: "vai ficar vulgar". E assim, a gente vai se podando, se limitando. Quando vê, deixou um monte de coisas que ama de lado para satisfazer esse meio mundo de maluquice que a gente criou na cabeça por temer o olho do outro. A opinião alheia. E a nossa personalidade vai deixando de se refletir no que somos no dia a dia. Essas fotos me mostraram que posso ser “sexy sem ser vulgar” num vestido justo. Mostraram também que babyliss fica joooia no meu cabelo. Dois preconceitos quebrados. Sei que ainda tenho um monte de medinhos e incertezas para vencer. Mas agora também sei que, para vencê-los, tudo o que eu preciso é experimentar.

 

shooting ilmara vestido branco 01


shooting ilmara vestido branco 02

shooting ilmara vestido branco 03

shooting ilmara vestido branco 04

shooting ilmara vestido branco 05

Vestido, colar de cruz e pulseira Loja Blitz | Colar de franja Carmim para Habyto | Sandália Schutz para Strelitza

 

Fotos: Ilmara Almeida
Beleza: Dani Goes

1 comentários:

Quero saber o que você achou deste post. Sua opinião é importante!