24 outubro 2012

O branco de Tereza

Os brancos de Tereza Batista. Foto: Martha Oliveira

Um ambiente conceitual e uma releitura de Tereza Batista. Foi assim que o designer de interiores Edney Evangelista homenageou o centenário de Jorge Amado em seu ambiente da Varanda Riomar, evento que acontece no Shopping Riomar.

Ambiente conceitual revela a busca de Tereza Batista por paz

Considerada uma das mais fascinantes personagens de Jorge Amado, Tereza Batista reúne os atributos das divas enaltecidas nos romance do escritor: a valentia de Rosa Palmeirão, a sensualidade de Gabriela, a doçura de Dona Flor e a altivez de Tieta.

Pedras brancas forram o chão de Tereza Batista

A cor branca que predomina no ambiente de Edney Evangelista, busca simbolizar a paz que a heroína tanto procurava. A peça chave da varanda é a chaise Tóquio, por sua relação com a feminilidade e sensualidade de Tereza Batista.

Luzes vermelhas homenageiam a luta de Tereza, cansada de Guerra

Nos painéis brancos, onde descansa um terço, que também representa a busca de Tereza por paz, as palavras chamam a atenção. “Branco para os coronéis, branco por minha alma, branco por minha crença, vermelho por minha luta”, palavras escritas com batom, como um desabafo.

0 comentários:

Postar um comentário

Quero saber o que você achou deste post. Sua opinião é importante!