14 maio 2012

E quanto a sua roupa de baixo?


Alô, você! A dona da Casa, Márcia Pacheco, estendeu o tapete de boas-vindas e me convidou pra morar por aqui também. Aceitei! Portanto, você vai poder ler-me toda semana aqui na Casa de Paetê. A melhor maneira de começar é? Pelo começo! Redundante sim, mas certeiro. E o começo de qualquer look, visual, ou como queira chamar, é a roupa de baixo. A cueca, sendo mais claro. 
Cueca tem moda, tem diversos modelos, tem cores, desenhos, estampas, tem cheiro, e (pasmem) tem até evento de moda específico! Até a onda da sustentabilidade já arrebatou esse mercado, trazendo modelos feitos com celulose encontrada em um tipo especial de madeira, que conferem maior conforto e aderência ao corpo. Também tem cueca tecnológica, com nanocápsulas aromáticas que se rompem no atrito com a pele liberando cheirinho de menta, chocolate ou chiclete. No entanto, o que vale é a cueca que mais lhe agrada, que é mais confortável e que melhor valoriza as "joias da família".

Boxer ou Boxer-Briefs
Fonte: Lupo

É o modelo tipo shortinho colado. Acabou se popularizando, caindo no gosto masculino e hoje é a que mais veste o corpo dos rapazes. Confortável, agradável e visualmente mais bonita, é a mais indicada quando se usa calças ou bermudas com leve transparência (como peças de alfaiataria em cor clara) por marcar menos.

Boxer ou Samba-Canção
Fonte: Jogê

É o modelo pra quem gosta de “criar o bicho solto”. Mais leve, é indicada pra quem gosta de conforto e roupas mais largas. Ideal como shorts de pijama.

Briefs, Slip ou sunguinha
Fonte: Lupo

É o modelo tradicional, com cavas, desenham mais o corpo. Ideal para ser usada com calça skinny, ainda é o modelo favorito de muitos homens.

As cores básicas (também chamadas de neutras) são preto, branco e cinza, o bacana é ter pelo menos uma de cada cor na gaveta. Azul marinho, verde oliva e cores inusitadas, mas sóbrias, apagadinhas, acabam entrando no mesmo cesto das neutras. Estampas e desenhos são mais recomendados quando você não precisar mostrar sua cueca para ninguém, afinal, estar bem vestido é primeiro uma coisa para você curtir e mesmo que ninguém esteja vendo sua roupa de baixo (e não é para aparecer mesmo), você sabe que ela está lá, deixando o seu visual ainda mais interessante.
Você não precisa combinar cores de cueca com o restante da roupa, mas o bom senso faz-se necessário sempre. Ocasiões especiais, como um encontro amoroso, exigem cueca especial, nada fora do comum, apenas uma peça limpa, bonita, e, de preferência, nova. Ah, e nem preciso falar que rasgos, furos, descosturados e manchas só são aceitos em cuecas que viraram pano de chão!

Josafá Carvalho
Agora uma vez por semana aqui, na Casa!

2 comentários:

  1. A mais legal continua sendo Boxer.
    Estou sorteando um batom da NYX, vem participar, é rapidinho!
    http://nu-delips.blogspot.com.br/2012/05/sorteio-batom-nyx-chic-red.html

    ResponderExcluir
  2. Hahaha gostei do post bem interessante sobre as cuecas sabia que tinha tantos detalhes assim não. Gostei gostei. Sucesso.

    http://knotyourfingers.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Quero saber o que você achou deste post. Sua opinião é importante!